Avistamentos estranhos no Ártico! (Video) Objeto que parece um planeta...estação Neumayer, atual base alemã na Antártica

Clique aqui para comentar esta publicação



Imagem de satélite destacando onde seria a Nova Suábia.



Nova Suábia

Nova Suábia - (em alemão Neuschwabenland) é uma região da Antártica que foi reivindicada pelo Terceiro Reich entre 19 de janeiro de 1939 e 8 de maio de 1945.


Expedições



Assim como outros países, a Alemanha enviou várias expedições de caráter científico à Antártica no período entre o final do século XIX e início do século XX. As expedições do século XIX incluíam estudos de astronomia, meteorologia e hidrologia e ocorreram no Oceano Antártico, Geórgia do Sul, Ilhas Kerguelen e nas ilhas Crozet, a maioria em cooperação com cientistas de outros países. Porém, no final do século XIX os alemães começaram a se dedicar sozinhos pelos seus interesses na Antártica.



A primeira expedição alemã, Gauss, (1901-1903) foi liderada pelo geólogo e professor Erich von Drygalski sendo essa a primeira expedição a utilizar um balão de ar quente na Antártica.

A segunda expedição (1911-1912), liderada por Wilhelm Filchner, tinha por objetivo cruzar a Antártica. A tentativa falhou, mas a expedição descobriu a plataforma de gelo Filchner e a costa Luitpold.

Expedição Nova Suábia


A terceira expedição alemã (1938-1939) foi liderada por Alfred Ritscher. O objetivo principal era garantir uma área para uma estação de navios baleeiros, que fazia parte de um plano para aumentar a produção de óleo da Alemanha. O óleo de baleia era o material mais importante para a fabricação de margarina e sabão, a Alemanha era a segunda maior compradora de óleo norueguês e importava cerca de 200.000 toneladas anualmente.



Em 17 de dezembro de 1938 a expedição "Nova Suábia" partiu de Hamburgo em direção à Antártica a bordo do Schwabenland, um cargueiro capaz de lançar aviões. A expedição tinha 33 membros além da tripulação do navio composta por 24 pessoas.



Em janeiro de 1939, o navio chegou a uma área já reclamada pela Noruega, conhecida como Terra da Rainha Maud, mesmo assim foi iniciado o mapeamento a região. Nas semanas seguintes 15 vôos foram feitos pelos dois aviões do navio em uma área de 600.000 km², de onde foram tiradas mais de 11.000 fotografias aéreas. Para declarar a posse alemã da recém-criada "Nova Suábia", três bandeiras foram colocadas ao longo da costa e outras 13 foram lançadas dos aviões no interior do território.



Outras duas expedições foram agendadas para 1939-1940 e 1940-1941, elas teriam por objetivo encontrar lugares propícios para a caça às baleias e aumentar o território alemão na Antártica, além de estudar a possibilidade de instalar bases navais no Atlântico Sul e no Oceano Índico.


Pós-guerra


Ao fim da guerra, nenhuma das reivindicações territoriais da Alemanha foram reconhecidas. Hoje a estação Neumayer, atual base alemã na Antártica, está localizada dentro do território que seria a "Neuschwabenland".


Links externos




Extraído de: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nova_Su%C3%A1bia

__________________________________________________________________

Novo Centro de Pesquisa Alemão na Antártida - Estação Neumayer III

Ekström Ice Shelf, Atka Bay, no nordeste do Mar de Weddell
Posição: 70 ° 40'S, 008 ° 16 '


de: Neumayer-Station III und die Radom fyr Satelitenanlage
en: Neumayer III Estação de radar e dome para o sistema de satélite
______________________________________________________________________________

Webcams em Neumayer-Estação


Webcams at Neumayer Station III

Station's Current Position:

70° 40.338' S, 8° 16.566' W
70° 40' 20.2" S, 8° 16' 33.9" W

Current WebCam picture Last noon

Panoramic view from the communications radome.
(Left: Current WebCam picture, Right: Last noon)



Current WebCam picture Last noon

View from the mast of the acoustic observatory (PALAOA) to the northeast.
(Left: Current WebCam picture, Right: Last noon)



Current WebCam picture Last noon

Panoramic view from the mast of the acoustic observatory (PALAOA).
(Left: Current WebCam picture, Right: Last noon)



Vista do trabalho de comunicações para o lado norte da base.
(Esquerda: imagem atual, Direita: Última meio-dia)

Mais imagens: As imagens das últimas 24 horas e como filme ao vivo

Imagem atual Meio-dia passado

Vista do teto da Neumayer III, ao sul.
(Esquerda: imagem atual, Direita: Última meio-dia)

Mais imagens: As imagens das últimas 24 horas e como filme ao vivo

Imagem atual Meio-dia passado

Vista do mastro do observatório acústico ( PALAOA ) para o nordeste.
(Esquerda: imagem atual, Direita: Última meio-dia)

Mais imagens: As imagens das últimas 24 horas e como filme ao vivo


A estação Neumayer possui três webcams.
Uma está localizada na redoma de telecomunicações e pontos no sul da direção leste na estação e sua rampa de acesso para a garagem nas pedreiras. Outra webcam é montada no telhado da estação e olha para o sul e a terceira webcam é 20 km ao norte da estação de gelo na costa prateleira. As câmeras são altamente sensíveis com dispositivos sensores de casal com o modo noturno. O sensor de cor trabalha com luz natural e a câmera muda para um sensor de preto e branco quando a luz é muito fraca. Uma vez que cada um destes sensores tem suas próprias lentes objetivas, suas imagens não coincidem e durante a troca de posição uma mudança é perceptível.
As webcams alternam automaticamente entre os dois modos e escolha do tempo de exposição ideal dependendo do brilho. Devido à alta sensibilidade das câmeras, a luz direta da lua e holofotes da estação aparecem muito mais brilhantes. No telhado da estação, diversos holofotes são montados e servem os propósitos de observação e de sinal. Reflexos no sistema óptico criam pontos de luz e anéis na imagem. Durante a noite polar, a única coisa no céu que está se movendo através da imagem é a lua nos momentos em que é visível por trás da estação. Embora o sol não está aumentando, o crepúsculo brilhante pode aparecer como luz do dia e pode fazer a webcam mudar para o modo de cor. Graças à alta sensibilidade das webcams são capazes de exibir até mesmo fontes de luz fraca, como estrelas, luzes polares, e as nuvens durante a noite.
As fotos da webcam podem ser afetadas pelo nevoeiro, neve e gelo.

Cam1: Mobotix M10DN apontando na direção leste ao sul da estação
CAM2: Mobotix M12DN apontando para o sul para o teto da estação
Cam3: Mobotix M12DN apontando para o norte para o leste do telhado do observatório acústico 20 km ao norte da estação.

Extraído de: http://www.awi.de/NM_WebCam/

_________________________________________

Avistamentos muitos estranhos no Ártico! (Video)


Enviado por em 19/10/2011
-= BPODs ▀█▀ █▀ █_█ ▀█▀ █▬█ FORUM =-

http://bpods-forum.1064914.n5.nabble.com/

O que poderia ser possivelmente a causa para a aparição de dois sóis, um no topo e um no fundo?


Aqui estão os links;

http://www.awi.de/NM_WebCam/

http://www.awi.de/NM_WebCam/livemovieT.html

http://www.awi.de/NM_WebCam/livemovieP.html

 


____________________________________________

Enviado por em 02/07/2011
Essas são fotos recentes da Estação Neumayer Antarctica em 18/06/11 - 20/06/11.
http://www.antarcticconnection.com/antarctic/stations/neumayer.shtml

Por favor, dê uma olhada. Este vídeo confirma o que estamos vendo na Antártida.

Essas novas fotos me deixaram extremamente intrigado e preocupado. Nós identificamos a lua e a posição do Sol, mas há outro objeto planetóide grande que ainda não está identificado.

Na minha opinião, nenhum outro planeta do nosso sistema solar é avistado tão grande ou tão perto da Terra.

Além disso, eu acredito que o cometa Elenin é apenas um cometa. Mas foi usado para fazer-nos olhar para o outro lado em vez de olhar na região do Pólo Sul. É a primeira coisa a passar antes da estrela anã, e se encaixam perfeitamente em azul que é da Profecia Hopi (cometa) e da (Estrela Anã) que é de Kachina Vermelho. Mas nomeado o cometa Elenin por alguma razão.
É um sinal de alerta para todos os líderes do mundo.
O Azul e a profecia Hopi Kachina Vermelho.

É uma decepção real o SPT dos EUA - As fotos do telescópio do Pólo Sul são mantidas em segredo e  temos ao em vez disso, que usar a Neumayer Alemanha Station III. Mas, graças a Alemanha por estas fotos!

Good Luck and God Bless!

~JC
 
______________________________________
NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO
EM MEIO À NEVE MUITO BRANCA E FRIA
"Torre encapelada, discussão de neve. Noite erguida em dedos e raízes. Janela das névoas, pomba endurecida. Planta noturna, estátua dos trovões. Cordilheira essencial, teto marinho. Arquitetura de águias perdidas. Corda do céu, abelha das alturas. Nível sangrento, estrela construída. Borbulha mineral, lua de quartzo. Serpente andina, rosto de amaranto. Cúpula de silêncio, pátria pura. Noiva do mar, árvore de catedrais. Ramo de sal, cerejeira de asas negras. Dentadura nevada, trovão frio. Lua arranhada, pedra ameaçadora. Cabeleira do frio, ação do ar. Vulcão de mãos, catarata escura. Onda de prata, direção do tempo"
(Pablo Neruda - Canto Geral)

Antártica, ou Antártida - o nome não importa. O que importa é o fato de que essa é uma das regiões mais misteriosas de toda a Terra, onde coisas realmente muito estranhas acontecem....

..... Como, por exemplo, isso que você vê acima, curiosamente chamado de: "Cataratas de Sangue", ou ainda "As Montanhas que Sangram". Na verdade não é sangue propriamente dito, mas, sim FERRO que aflora à superfíce das grossas camadas de gelo cujas profundidades oscilam entre 2, 5 mil a 4,7 mil metros!....

....Oficialmente atribui-se a esse raro fenômeno que ocorre a Leste daquele continente a milenares depósitos de sal dos antigos mares que contêm ferro e hidróxido de ferro. Dizem que esse fenômeno é causado por bactérias! Ali, os cientista detectaram 17 espécies de bactérias diferentes, algumas desconhecidas, "as quais podem viver sem luz com até 7 graus negativos e com uma pressão atmosférica extremamente alta. Esse líquido vermelho e espesso que parece sangue nada mais é que a secreção dessas bactérias, o qual é rico em ferro assim como nosso sangue". Mas, seria mesmo isso? FERRO? E por que não? Pois, quando se sabe que há muitos milhões de anos a Antártica fora um fértil continente, com suas florestas, rios, mares - e inclusive, segundo as Tradições, HABITADO por uma avançada civilização, o que mais poderíamos pensar? Cidades, edificações, estruturas muito antigas liqüefeitas e subindo à superfície? O mais curioso de tudo é que nesses locais a NASA semrpe espeta a sua bandeira, enviando para lá os seus Cientistas e Técnicos. POR QUE, e desde quando, a NASA, que é um órgão espacial, se interessa por "bactérias"? Tudo é mesmo possível, até porque, em relação a isso existem muito interesses velados....

.... E esses interesse ocultos vêm de um longo tempo, uma vez que durante a segunda Guerra Mundial (1939-1945) a Alemanha nazista também enviou para lá expedições científicas e militares, não somente para estabelecerem uma poderosa colônia secreta do Terceiro Reich....

.... Como também, e muito principalmente, BUSCAR ANTIGAS TECNOLOGIAS PERDIDAS SOB AS NEVES, de modo a aumentarem o seu poderio bélico!

Não é mesmo verdade que "quem procura.... ACHA"? Nada, então, mudou! ESSA é a principal "pesquisa" que ainda hoje as grandes potêncis mundiais fazem por lá, digladiando-se entre si de modo a serem as primeiras a obterem os seus muito preciosos trófeus!....

.... Tecnologias perdidas, advindas de um passado remotíssimo - paradoxalmente muito antigas, porém situadas para muito além do nosso próprio tempo!

Antártica, então, continente misterioso e perdido em meio a uma vastidão gelada e ainda não totalmente explorada, onde HOJE as imagens tomadas pelos satélites nos mostram coisas inusitadas, tais como entradas nitidamente artificiais que se dirigem às profundezas dessas neves milenares e misteriosas....

... E de onde, ainda hoje e por vezes, saem e circulam no céu algumas coisas ainda mais inusitadas - em outras palavras, UFOs mesmo!

Além de certas descobertas arqueológicas que superam mesmo a imaginação mais ousada - talvez resíduos de uma avançada civilização que habitou aquele outrora fértil continente antes de ser coberto pelo gelo, há muitos milhões de anos atrás! Essa vastidão gelada é alvo dos interesses de vários países, os quais lá estabelecem as suas instalações de pesquisas. E essas pesquisas certamente vão muito mais longe do que possamos pensar! A imagem acima nos mostra uma espécie de Stargate encontrado sob a capa de gelo antártica....

.... Como, também, ISTO! Coisas absolutamente "indigestas", as quais contrariam todos os sacrossantos tratados oficiais, e que, porém, jamais são divulgadas. A Antártica é, de fato, um lugar misterioso, além de ser uma área privilegiada do nosso planeta pelo fato de se situar no extremo do nosso Hemisfério Sul, onde certas coisas ainda mais inusitadas vão muito mais além das secretas "pesquisas" que são levadas a cabo pelos Cientistas e militares de certos países lá instalados, "pesquisas" estas dotadas de interesses muito maiores do que possamos julgar....

.... Como, por exemplo, também ISTO! Você duvidaria que tem mesmo um outro corpo celeste desconhecido, já presente no nosso Sistema Solar? Então, vamos ver o que aconteceu precisamente no dia 14 de julho de 2011 na Estação Neumayer, situada lá na Antártica, nessas imagens tomadas pela câmera de segurança e monitoramento daquele complexo.....

.... Era a madrugada daquela dia, quando curiosamente a câmera registrou alguma coisa bem conhecida sobre aquelas instalação....

.... Será que você reparou no nítido UFO que a espreitava? Bem interessante não? Sem dúvida, pode ter se tratado de uma mera coincidência, já que UFOs na Antártica são coisas, aliás, bastante corriqueiras. Porém, o melhor de tudo veio logo a seguir...

.... Pois, nesse momento, a Lua já tinha passado sobre a Estação, quando o Sol surgia....

... E se elevava no céu. Até aí tudo normal, mas...

... Note-se que nesse momento alguma outra coisa surgia na extremidade inferior direita da estação, refletindo a luz solar....

... Nessa outra tomada, vemos que, logo a seguir do Sol, alguma essa "alguma outra coisa" surgia na extremidade direita da imagem....

... E finalmente, ela se revela! Não era a Lua, não era o Sol - era, então, O QUE???...

Agora, desejamos chamar a sua atenção para essa imagem que também foi registrada pela câmera da Estação. Preste atenção nesse detalhe. Não lhe parece familiar?...

.... Claro que SIM! Exatamente igual ao que os negadores dizem ser um "reflexo nas lentes" e que está todo mundo fotografando no planeta inteiro. Pode até mesmo ser um reflexo, mas aqui está a prova: - um reflexo indireto que é precisamente CAUSADO PELA INCIDÊNCIA DA LUZ SOLAR SOBRE O TAL ASTRO!!!

O pessoal da Neumayer Station, aliás, já deve estar bastante acostumado com a inusitada presença de "dois sóis" no céu, Veja, por exemplo, essa outra imagem da câmera, tomada anteriormente, dois meses antes, em 14 de ABRIL de 2011. O Sol nasce e, logo depois dele, uma outra coisa esférica reflete a sua luz. E por oportuno, veja também o tal "reflexo na lente", já do lado esquerdo da cena, abaixo da estação. Ou seja, esse "reflexo" é mesmo um reflexo nas lentes das câmeras, porém, repetimos, causado pela incidência da luz solar sobre o tal astro desconhecido! E por falar nisso, essa câmera da Estação Neumayer não é um equipamento amador, nem tampouco uma simples câmera de telefone celular, mas, sim, um equipamento altamente profissional, o qual também se torna afetado pelo fenômeno. Cai, então, por terra as afimações dos negadores, pois ALGUMA COISA CAUSA MESMO ESTE REFLEXO!

E a coisa é precisamente ESTA! Voltemos, então, à data de 14 de JULHO de 2011. E aqui está o tal astro desconhecido, numa visão mais aproximada. Decididamente, e por sua vez, isso não era um "mero reflexo na lente"!....

E vejam só o que a câmera registrou logo a seguir: - membros da equipe da Estação Neumayer saem do seu interior para observar o fenômeno - apontam para o céu!....

.... E, detalhe curioso, USAM ROUPAS ANTI-RADIAÇÃO! Por que? Saberiam, então, que a coisa é emissora de algum tipo de perigo? Faz sentido!....

.... Logo depois, tudo se perde no céu, tudo volta ao normal e a Estação é, enfim, banhada pela luz do dia!

"Reflexo na lente", então? COISA NENHUMA! Vejam essa outra foto, tomada nos EUA e mostrando um astro SEMELHANTE, na verdade O MESMO OBJETO, aparentemente junto ao Sol! (IMAGENS: © Donny Gillson)

Aliás, não foi à toa que os EUA colocaram também lá na Antártica o SOUTH POLE TELESCOPE, secreta e especificamente destinado a monitorar a aproximação desse tal astro! Pois, sabe-se que a sua rota de aproximação ao nosso planeta é justamente ESTA, ou seja, pelo SUL - e, portanto, claro, melhor detectada a partir do nosso Hemisfério Sul!


Como negar tal evidência? E essa é a uma imagem desse astro, supostamente tomada por aquele telescópio! (IMAGEM: vustv.com)

E nada demais nisso! Essa coisa já foi até mesmo bisbilhotada e fotografada pelo Módulo SOHO, da NASA, como nessa imagem proibida que você vê acima! Como, então, eles dizem que isso não existe?

E agora, façamos as comparações com tudo o que você viu anteriormente: - a partir da esquerda, a imagem do astro tomada sobre a Estação Neumayer. Ao centro, a foto tomada nos EUA. E finalmente, à direita, a imagem da própria NASA. Alguma diferença entre elas? NÃO MESMO!

Por sinal, e desde algum tempo (isto é, desde o ano de 2007) o Google Sky colocou uma imensa tarja sobre esse objeto que se aproximava, evidentemente com o propósito de escondê-lo..... (IMAGEM: © DSS Consortium / Google)

Todavia, não deu certo, uma vez que sob a visão infravermelha a coisa estava lá dentro presente....

.... Aqui devidamente ampliada. POR QUE esconderam? Reparem na sua lateral uma espécie de auréola que encobre o astro....

Por que esconderam? Simples: - o jogo sujo da grande central de contraverdade tem mesmo poderosos tentáculos. Lembremos que o concorrente de imagens esapciais do Google, o SKY-MAP, há algum tempo quando se digitava na sua busca a palavra-chave NIBIRU, eis o que surgia.... (IMAGEM: sky-map.org)

... Exatamente ISTO! E com a mesma espécie de auréola nele, conforme mostrado no Google Sky! Porém..... (IMAGEM: sky-map.org)

.... Quando a coisa foi descoberta, a notícia correu e obviamente começaram a bisbilhotar. Logo a seguir, NIBIRU tornou-se uma palavra-chave "maldita" e desapareceu como num passe de mágica da busca no SKY-MAP.... "Pesquisa Nibiru não encontrada"!!! Sutilíssimo! E POR QUE então escondem se oficialmente eles dizem que tal astro não existe? Pois é! Mas, para o azar e o total desespero deles, antes que dessem sumiço a ela, nós conseguimos capturar a imagem da coisa. (IMAGEM: sky-map.org)

A coisa que, por conseguinte, é mesmo séria, ao que tudo nos sugere. E uma outra evidência quanto à perturbadora presença de algo que está afetando o nosso Sol - evidentemente que poderia ser o tal astro intruso - são as ejeções de massa coronal, cada vez maiores, além das imensas rupturas que estão surgindo na sua superfície, chamadas de "buracos coronais". Essa imagem da NASA é verdadeiramente assustadora. Parece que o Sol está se partindo. Parece que ele está expelindo o seu próprio núcleo! E quando isso acontece significaria.... o início da morte de uma estrela - e o nosso Sol é uma estrela!

A partir do solo lunar, essa foto da NASA nos mostra o maravilhoso mundo que nos abriga - um oásis abençoado de sons, luzes, cores, vida, perdido em meio à vastidão do incomensurável Universo que nos cerca. E também alvo da cobiça e da ambição não somente de certos grupos de conspiradores internos, como também de inteligências malévolas e não humanas que há muito nos espreitam....

.... E a aproximação desse astro misterioso nos trouxe também a presença de naves desconhecidas, ameaçadoras, cujos simples formatos intimidam! Elas já rondam a nossa atrmosfera prenunciando algo muito grave que estaria para acontecer no mundo. Segundo denúncias, seriam naves tripuladas pelos seres que habitam esse astro desconhecido, um mundo errante cujo nome seria NIBIRU, em sua rota elíptica de 3.600 anos novamente cruzando o nosos Sistema Solar - e com ele trazendo o perigo! Répteis inteligentes, altamente tecnológicos, malévolos, conhecidos na antiga Suméria comoANNUNAKI e hoje em Ufologia como REPTILIANOS - seres aliados a uma quinta coluna terrestre traidora que há muito tempo conspira de modo a produzir um grande golpe, com esses seres se apossando do nosso planeta!

Todavia, tem também algo diferente acontecendo! Recentemente, Stargates, portais desconhecidos, abriram-se no espaço sideral. E deles saídos, naves nunca dantes vistas se aproximam da nossa Terra....

.... Naves imensas - aliás, do memso tipo daquela encontrada pela secretíssima (e sempre negada) Missão Apollo-20 da NASA! Uma nave cilíndrica, abatida em um confronto bélico na superfície da Lua há muitos milhares de anos!....

.... E tripulada por seres idênticos à natureza humana, cujos corpos foram encontrados pelos Astronautas daquela Missão no seu interior. Uma guerra muito antiga, que hoje parece estar pronta para ser novamente deflagrada, tal como aconteceu outrora.... Em defesa da TERRA! Os livros tradicionais, religiosos, épicos e Sagrados nos relatam que em tempos muito remotos e esquecidos houvera uma guerra devastadora no céu e também na Terra: - os "Anjos de Deus" contra os "anjos decaídos", os "Senhores da Luz" contra os "filhos da trevas", mas estes últimos muito lamentavelmente parece que venceram e hoje dominam o nosso planeta.

Muitas alterações e eventos podem, então - a partir de agora e a qualquer momento - ocorrer na face da Terra! E essas alterações são mesmo cíclicas, recorrentes. Já aconteceram antes. E sempre alguma coisa imponderável as promoveu! O que escondem de nós, aquilo que não está nos livros, é justamente o fato de que não fomos os primeiros - da mesma forma que jamais seremos os últimos a habitar esse pequeno mundo que atualmente nos abriga! Sob os gelos eternos - sob a neve muito branca e fria; sob a imensidão dos mares, existem silentes porém expressivos exemplos - vestígios esquecidos que nos fazer meditar e que deveriam ensinar a nos tornarmos mais humildes. Pois, tanto a Ciência quanto a Filosofia concordam que periodicamente alguma coisa acontece de modo a manter o equilíbrio, de modo a renovar o mundo! O grande e iluminado poeta chileno tinha mesmo um dom profético nas suas obras: - "Torre encapelada, discussão de neve. Noite erguida em dedos e raízes. Janela das névoas, pomba endurecida. Planta noturna, estátua dos trovões. Cordilheira essencial, teto marinho. Arquitetura de águias perdidas. Corda do céu, abelha das alturas. Nível sangrento, estrela construída. Borbulha mineral, lua de quartzo. Serpente andina, rosto de amaranto. Cúpula de silêncio, pátria pura. Noiva do mar, árvore de catedrais. Ramo de sal, cerejeira de asas negras. Dentadura nevada, trovão frio. Lua arranhada, pedra ameaçadora. Cabeleira do frio, ação do ar. Vulcão de mãos, catarata escura. Onda de prata, direção do tempo". Antevisão de uma grande verdade! Sob o Teto Marinho há uma esquecida Arquitetura de Águias Perdidas. A Noiva do Mar é mesmo uma árvore de catedrais. A Lua está arranhada! Há, de fato, no céu, uma Pedra Ameaçadora. E nesse mundo de maldades, hoje o Ramo de Sal ostenta Cerejeiras de Asas Negras - a Catarata, então, se faz realmente escura. Mas, pode ser também que nem tudo esteja perdido: pois, uma Onda de Prata sempre permeia a Direção do Tempo - há, também, uma Corda do Céu - há também Abelhas nas Alturas!


E agora, um brinde especial para você. CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO para ter acesso ON-LINE, AO VIVO, EM TEMPO REAL, à câmera de segurança e monitoramento da Estação Neumayer, na Antártica. E divirta-se! Esperamos que você também flagre algo bem interessante por lá!


Agradecemos aos nossos estimados Visitantes: Marlene Cartier, Ana Patrícia, Daniel Júnior, Elcio Zaghetto e Marcelo Santos pelas valiosas colaborações prestadas para a elaboração desta página

__  
Extraído de: http://www.dominiosfantasticos.com.br/id824.htm 

__________________________

Alemanha | 20.02.2009

Alemanha inaugura moderna estação sobre pilotis na Antártida

Alemanha inaugura uma das mais modernas estações de pesquisa da Antártida. A novidade da Neumayer III é que ela pode ser elevada até um metro por ano através de um sistema de elevador hidráulico.


Com transmissão ao vivo da Antártida, foi inaugurada nesta sexta-feira (20/02) a estação polar alemã Neumayer III, uma das mais modernas estações de pesquisa no continente gelado. Após meses de construção entre tempestades de neve e muito frio, a nova base de pesquisa foi erguida para substituir a antecessora, a Estação Antártida Neumayer II.
A nova base, que custou 39 milhões de euros, será administrada pelo Instituto Alfred Wegener de Pesquisa Polar e Marinha (AWI), de Bremerhaven, no norte da Alemanha, e funcionará durante todo o ano, podendo abrigar, em meses de verão, cerca de 30 pesquisadores. No inverno, esse número diminui para nove.
Diferentemente de sua antecessora, Neumayer III não será enterrada por uma camada de neve todos os anos. Pesquisadores precisavam atravessar um túnel para entrar na Neumayer II, subterrada a 12 metros da superfície, e tinham que trabalhar no escuro durante o inverno antártico, que dura até nove meses.
A novidade tecnológica da nova estação polar alemã está em ser apoiada em 16 pilotis, que funcionam como pistões de um elevador hidráulico. A nova base polar, de 2.300 toneladas, poderá ser elevada até um metro por ano, ou seja, ela sobe com a neve e mantém constante a altura em relação à superfície de gelo.
Prevista para 25 a 30 anos de funcionamento
Pilotis funcionam como pistões hidráulicos
Pilotis funcionam como pistões hidráulicos

Os pesquisadores do AWI estão concentrados em cinco áreas: meteorologia, geofísica, química do ar, infrassom e acústica marinha. Na Neumayer III, os cientistas irão coletar dados climáticos, medir a concentração de gases do efeito estufa na atmosfera, covigiar a proibição de testes nucleares e ajudar na pesquisa das baleias.
A estação também funcionará como base para excursões ao interior da Antártida. Ela não está construída sobre o continente, mas sobre uma camada de gelo de 200 metros de espessura, a 8° de longitude leste.
Apesar de estar ligada ao continente, a plataforma de gelo Ekström, próxima à baía Atka, desloca-se 157 metros anualmente em direção ao norte, flutuando sobre o Atlântico e carregando consigo a estação polar alemã. Prevista para 25 a 30 anos de funcionamento, a nova estação terá se deslocado de 3,9 a 4,7 quilômetros após esse prazo.
Neumayer III possui 12 laboratórios, 15 compartimentos de dormir, escritórios, biblioteca e diversas possibilidades de lazer para os pesquisadores: cinema, lounge bar, sala de ginástica e até uma sauna, para que os cientistas possam aguentar a escuridão do inverno e temperaturas de até 50 graus negativos.


Energia de motores a diesel
A estação é composta por diversos contêineres individuais, que foram transportados por navio da Cidade do Cabo, na África do Sul, e montados na Antártida. Ela é revestida por uma camada metálica isolante de 12 centímetros e funciona em parte com energia eólica e com geradores a diesel.
Como explicou o professor Heinrich Miller, vice-diretor do AWI, usa-se tecnologia solar somente de forma isolada na Neumayer III, já que nos meses de inverno o sol não aparece. Um gerador eólico também fornece energia, mas sua potência depende da velocidade do vento. Devido a experiências anteriores, a nova estação funciona com motores a diesel.
Ao inaugurar a estação, através de um apertar de botão transmitido ao vivo para os ocupantes da Neumayer III, a ministra alemã da Educação e Pesquisa, Annette Schavan, afirmou em Berlim que "uma nova era se inicia para os cientistas no gelo" e que a nova base seria "uma obra-prima da engenharia e um laboratório com possibilidades até então desconhecidas".
Agências (ca)


**********************

Agradecimentos à colaboração de
Rosa Amelia Muruci

********************************************

LEIA TAMBÉM

A História Oculta de Hitler


Cita-se a Sociedade Vril, sociedade secreta alemã, inspirada no


livro "The Coming Race", de Edward Bulwer-Lynton.



Clique aqui

æææææ
HAUNEBU OVNIS Nazistas 4º REICH

Contradizendo a tudo o que tradicionalmente aprendemos na escola sobre
Hitler, descobrimos uma outra face deste personagem histórico, que
retinha consigo profundos conhecimentos ocultistas os quais poucos
homens ocidentais vieram conhecer naquela época.

Clique aqui
A Verdadeira História da Segunda Guerra Mundial

Amigos, a última guerra mundial não foi simplesmente uma guerra lutada entre os Aliados, de uma parte e o Eixo, de outra. Foi também uma guerra entre Ciência e Magia, mas a ciência materialista venceu.

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário